Coleção para teus olhos

em

olhos3.jpg

Nessa noite fria, não queria te dar o gosto da minha saudade. É só o vento da lembrança soprando folhas à minha memória.
Esquece.

Nesta noite fria, não me lembro das luzes acesas do quarto, nem dos cortes metafísicos de nossa flagelação mútua. (A paz jaz muito mais no escuro daquela noite mal dormida.
Lembra?)

– o perfil dos corpos quentes, abraçados ainda na tua cama, na tua sala, no meu chão
congelaram esta noite. mas nem isto eu queria te dar. –

E todas as histórias que inventei para te contar;
todos os nossos códigos, que aceitei para te acertar;
todos os verbos diretos, transitivos de pré-posições que conjuntei para te acariciar:
esquece. Nem isso eu quero te dar.

É só mais uma noite fria, meu amor, e nem dói tanto assim. Meu futuro já não está atrelado ao teu cheiro,  e o presente vaga solto por aqui.

Passado, são teus olhos me olhando dormir; é tua boca sorrindo a cada devaneio meu. Passado é o que não vivemos juntos, e muito, muito além.

(passado é o corte entre o que foi e o que poderia)

Mas nem isso você soube me dar.

 *******************
(apenas literatura acídica a envenenar tua língua)

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. marcelo disse:

    Simplesmente lindo, chuvoso. Contudo quente, luzente, simplesmente.
    Abraço forte!

    Curtir

  2. Gostei bastante de ler seu texto! O caminhar da memória afinando o querer presente, que eu li, é muito bonito. Um abraço. Maria Cláudia

    Curtir

  3. Cármen Neves disse:

    Querida Bia!

    Que maravilha! “…Meu futuro já não está atrelado ao teu cheiro, e o presente vaga solto por aqui…” Adorei essa parte!
    beijos

    Curtir

!Inquiete-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s