Terceira Caixa

Por vezes, rasgava a pele, como se – mais vermelha – peregrinasse por sentidos desconhecidos. “É preciso um caos interior para se parir uma estrela dançarina”, já dizia Nietzsche. E dançando era como se sentia quando lhe faltava o chão. Trasvezes, era ele quem se fechava ao mundo, ignorava a órbita dos olhos, ignorava as…