Epígrafe – 1

em
Ando relendo livros, ressucitando a estante, revivendo prateleiras.
E ainda me surpreendo com trechos assim:
“Eu planejei minha morte cuidadosamente; ao contrário de minha vida, que meandrava de uma coisa para outra, apesar de minhas débeis tentativas de controlá-la. Minha vida tinha uma tendência a se espalhar, tornar-se flácida, enrolar-se, festonar como a moldura de um espelho barroco, e vinha percorrendo a linha da resistência mínima. Queria que minha morte, por contraste, fosse limpa e simples, sem ênfase, até mesmo um pouco severa como uma igreja Quaker ou o vestido preto clássico com uma volta simples de pérolas, muito elogiado pelas revistas de moda quando eu tinha quinze anos.”
Margaret Atwood, in Madame Oráculo.
(Viu, Antônio Cândido: nem anos de academia são capazes de matar o leitor ingênuo. Mesmo a mais respeitada delas.)
Anúncios

!Inquiete-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s