fatossentidos

milúscula. era como se sentia por dentro, toda vez que a mãe a olhava de cima a baixo, com espaços interrogativos que davam margem à interpretação. in-ter-pe-ne-tra-ção dos fatossentimentos, tudo assim:mixturado. não sabia explicar.
abriu a gaveta. encarou o batom. o mesmo rouge com que beijou o rapaz bonito da festa. vontade de novo. de tudo. tudo de novo. (seria novo se se repetisse? ok. queria mesmo era desvendar as reticências, seguir na linha dos acontecimentos, experimentar o salto alto, o rouge, cada um dos três pontinhos. passos maiúsculos. frenesi, bresson e freud, com toda a sua introdução). sedução: jogou-se em jung. o que as cartas diriam? diabo. com às de copas.
se soubesse desde o começo que os presságios eram tão bons, teria se deitado antes, sem encarar os abismos de baixo pra cima. agora, só, desvencilhava os dentes, afogava os cabelos no travesseiro e respirava, fundo, as últimas opções de vida: pontes.
Bookmark and Share
Anúncios

!Inquiete-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s