[VIII] – I feel ergo sum

em
tão difícil escrever sem vírgulas e no entanto na vida elas me sufocam travessões pontosfinais exclamações não entendo interrogações mal-resolvidas e entrelinhas você já que não nos parágrafos sei que não deveria divagar pretérito no presente mas me entenda não sei conjugar me perdoa interrogação
provavelmente sem resposta mais uma vez dizem que sou bonita que não deveria sofrer e nunca entendi o que beleza tem a ver com isso
a música para ninguém o vinho guardado um porta-retrato à espera da melhor pontuação possível virá
I feel
ergo
31/10/12

Bookmark and Share

Anúncios

!Inquiete-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s