Portas

portas 1

 

1. Não é estar aberta. Não é estar fechada. Não é sobre portas.
É sobre mim. É sobre você. É sobre a decisão de entrar ou sair.

2. Admitamos que exista algo aqui. Algo como um eixo, um centro narrativo. Algo como uma abertura em um elemento de vedação arquitetônica, como uma parede, permitindo a passagem de pessoas de um ambiente para outro. Admitamos isso. No âmbito concreto, ao menos, seria isso.
Uma vez admitido, saibamos:
—Naquele dia, era tarde, ele saiu.

3. Segundo mitos antigos e lendas cristãs, existem seis lugares que funcionam como corredores para o verdadeiro infra-mundo onde habitam os condenados. Estamos falando das autênticas Portas do Inferno. Aqui mesmo, na Terra.
—O inquietante é que partilhem de chamativas semelhanças…

4. Não se engane: a folha é a folha. A folha não é a porta toda.

5. As portas podem ser construídas de materiais diversos, embora a madeira (especialmente a compensada) seja o material mais popular. Outros materiais incluem o alumínio, o aço, o ferro e o plástico PVC.
—Ao final, todos temos uma porta de vidro.

6. 2001. Pinacoteca de SP. O Beijo. O Pensador. Adão, Eva e Ugolino.
Todos, na Porta do Inferno, de Rodin.
—No Paraíso: eu, meu pai, meus irmãos.

7. Quando eu saí, foi pela porta da frente.

8. (Portas do Inferno) Logo ali, em Nicarágua, encontramos o Masaya, também conhecido como “Boca do Inferno”. É um vulcão. No século XVI, católicos se convenceram de que Masaya era o próprio inferno descrito no Apocalipse, e ergueram uma cruz em sua proximidade.
—Mas o que de fato apaziguou suas trepidações foram os sacrifícios de crianças por nativos em séculos passados.
——Local aberto a visitações.

9. O batente fixa a folha. E a folha, não se engane, não é a porta toda.

10. (Portas do Inferno) Hekla fica na Islândia. Ainda bem.

11. No porta-malas, deitei os medos, as esperanças e o passado. Tudo embrulhado. Destino conhecido.

12. Elemento crítico na defesa de uma fortificação, demandava cuidados especiais dos seus arquitetos em todas as épocas. De maneira genérica, um castelo, forte ou fortaleza compreendia duas portas, rasgadas nos seus muros: o portão principal ou Porta de Armas, de maiores dimensões, e a chamada Porta da Traição, menor e, na medida do possível, dissimulada, em posição oposta e afastada, para qualquer eventualidade da guerra.
—Displicentemente encostada, foi por esta última que eles entraram.

13. (Portas do Inferno) Considerado um dos mais fantásticos locais da natureza, o Erta Ale tem um lago de lava permanentemente ativo que causa admiração e temor.
Em 25 de setembro de 2005, ele sofreu sua mais recente erupção, e milhares de etíopes foram convidados a conhecer o inferno mais de perto.

14. Eu, que tenho sido vil, literalmente vil, vil no sentido mesquinho e infame da vileza, tenho, ainda, em mim, todos os sonhos do mundo.
(No molho, procuro as chaves.)

15. Ticket comprado. Quase um bilhete em branco. Quase.
Atravessar a porta do avião foi como iniciar um novo período, um salto após a vírgula.

16. A guarnição esconde o rejunte entre a parede de alvenaria e a madeira do batente. Mas guarnição também pode ser um monte de outras coisas.

17. (Portas do Inferno) A 640 km do já mencionado Masaya, encontramos Xibalba: uma caverna citada na bíblia maia, com desenhos exemplificando cada local da caverna como um evento relacionado com o homem e sua travessia para o inferno.
—Fatidicamente, nos confins da caverna, encontramos várias ossadas humanas.

18. Knocking on heavens door… Mas escute de novo, ela disse…
Tinha razão. Era The Doors cantando!

19. (Portas do Inferno) Na região Sul da Grécia, na costa da península do Peloponeso, um cara descobriu, por entre seus vastos paredões, uma passagem que levaria diretamente para o mitológico deus da morte: Hades.
Mas isso foi há muito, muito tempo.

20. A porta principal lá de casa é de três folhas. A do quarto dele, é de correr. Não sei de qual gosto mais.

21. (Portas do Inferno — Portal para o Paraíso) Um buraco na caverna se abriu aos olhos de São Patrício que, então descrente, pedira uma prova a Deus que lhe ajudasse em seu ofício.
Reza a lenda que aquele que for à sua igreja por 3 vezes, jamais conhecerá o que o santo vira com seus próprios olhos.

22. Porta de colmeia ou sólida? Tudo depende do quanto se está disposto a se expor.

23. Dobradiças. Trincos. Maçanetas. Fechaduras. A questão, muitas vezes, se resume a ter a chave correta.

24. Em tempos muito antigos, vivia, em Leiria, um senhor tão rico quanto avarento. Passava ele dias e noites, cogitando uma maneira de proteger seu tesouro.
Mandou abrir três subterrâneos, ali, no sopé do monte onde hoje está construído o castelo, e deixou suas riquezas ao fim de um deles. Tapou-os com três portas de alvenaria e fez constar que, em um deles, estava seu tesouro… Mas em outro estava a fome e, no terceiro, a peste.
Neste ambiente de medo e terror, o avaro poderoso pôde dormir descansado.
As três portas ainda hoje se veem no muro ao pé da Sé de Leiria, e passaram a ser conhecidas por As três portas da Sé.

25. Dizem que espelho na porta de entrada dá sorte.

26. Bateis e vos será aberto.

27. As portas nunca se fecham — nem se abrem — por completo.

Anúncios

!Inquiete-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s